Com o preço da gasolina cada vez mais perto do patamar de R$ 4,00 (em alguns lugares esse valor já é uma realidade) fica a pergunta: Compensa pagar ainda mais caro por um combustível de alta octanagem, em um carro antigo ?

Um dos maiores mitos que envolve a gasolina nacional é a sua qualidade. Quando ouvimos pessoas de mais idade falando com certa nostalgia da extinta gasolina azul, muito popular no país até meados dos anos 1970, a ideia que temos é que a gasolina nacional atual é terrível, ainda mais com alta incidência de álcool em sua composição.

Posto Shell com bomba de gasolina azul (à direita) nos anos 1970
Continue a ler "Gasolina de alta octanagem em antigos compensa ?"